Dia 29 de Junho: Homenagem ao Funcionário de Edifício

02 de julho de 2019

Hoje é comemorado o dia dele. Profissionais contam histórias curiosas no trabalho.

Eles têm a tarefa de cuidar das áreas dentro dos edifícios e deixar tudo em ordem. Nesta atividade profissional, ter traquejo para lidar com as pessoas e conhecer os moradores ou trabalhadores em prédios comerciais pode facilitar a comunicação e o cotidiano do condomínio. Eles podem ocupar cargos como porteiros, faxineiros e ascensoristas. Hoje, dia 29, é comemorado o Dia dos Empregados (funcionário) de Edifício.

Para marcar a data, o MEIA HORA procurou profissionais que atuam em condomínios para contar histórias do dia a dia de trabalho. Além disso, especialistas pontuam o que é necessário para trabalhar na área.

“Os condomínios buscam pessoas atenciosas, proativas e com senso de responsabilidade. Existem vários cursos voltados para portaria como qualificação nos atendimentos, segurança na portaria e primeiros socorros. Os cursos são considerados um diferencial, pois atualmente a procura por vagas aumentou bastante“, comenta Anna Carolina Chazan, gerente de gestão predial da Estasa.

Para Ana Cláudia Borges, de 42 anos, ascensorista de um prédio comercial no Catete, na Zona Sul do Rio, uma das coisas mais importantes em ser funcionário de edifício é saber como lidar com as pessoas. “Diariamente, me deparo com diferentes humores. Por conta disso, tiro lições sobre uma boa convivência”, afirma.

Casos inusitados

A ascensorista lembra que durante os seis anos de profissão já passou por histórias inusitadas, como quando deixou o elevador para ajudar uma senhora a entrar no apartamento e retirou o banquinho para fora. “Ao retornar, ele tinha sumido e até hoje não sei aonde ele foi parar”, relembra Ana.

Ela ainda lembra de quando entrou no elevador um ator famoso e ela tentou fazer uma “selfie” com ele. “Quando fui tirar a foto, o meu telefone acabou a bateria na hora. Acabei perdendo a chance”, conta ela, rindo.

Arte da matéria do Jornal Extra para a pauta Dia 29 de Junho Homenagem ao Funcionário de edifício do Blog da Estasa
A ascensorista Ana explica que faz cursos para se especializar (Foto: Paulo Vinicius Maya)

LEIA MAIS:

Blog Estasa: 11 de Fevereiro – Dia do Zelador!

Blog Estasa: Como tornar o zelador o maior aliado do síndico

Blog Estasa: Quais as funções de um porteiro de condomínio?

Mediar conflitos

Especialistas explicam que saber se antecipar aos problemas, antes de um profissional especializado ser chamado, também é um diferencial. Um bom exemplo disso é o porteiro Geneton Torquato, de um edifício no Leblon. Há 38 anos no cargo, ele conhece bem os moradores e é querido por todos.

“Ele conhece a personalidade de cada morador, sabe a movimentação do prédio. Ele se tornou um mediador entre os moradores e todos os outros funcionários”, diz o síndico do prédio Rogério Ferreira.

“Trabalho do mesmo jeito que comecei com eles até hoje. Tenho maior consideração com todos. Tem gente que era pequeno quando eu cheguei aqui e hoje já tem filho”, conta Geneton, de 71.

Especialização é porta de entrada do sucesso para o funcionário de edifício

Para Valnei Ribeiro, gerente de negócios da APSA, cursos profissionalizantes também podem ajudar no crescimento e desenvolvimento dos funcionários no mercado. A APSA, por exemplo, promove curso sobre prevenção a acidentes no trabalho. A Secovi-Rio também oferece cursos voltados para porteiros, zeladores e equipe de manutenção de condomínios. O conteúdo vai desde as atribuições e responsabilidades de cada funcionário até comunicação e ética no trabalho.

“Para me manter atualizada e aperfeiçoar o trabalho, eu tenho procurado realizar cursos de qualificação”, afirma Ana.

No caso de porteiros, treinar o profissional quanto aos procedimentos e protocolos sobre segurança é fundamental. Valnei Ribeiro também orienta que o síndico dos edifícios envie os porteiros à reuniões que acontecem nos batalhões de polícia militar, com o objetivo de mantê-los atualizados sobre as técnicas e disfarces que os meliantes se utilizam para entrar nos prédios.

Pareceu complicado?

A Estasa é referência em administração de condomínios no Rio de Janeiro e montamos uma página explicando exatamente como atuamos e o que nos diferencia das outras empresas. Clique aqui e confira todas as soluções inovadoras para uma administração transparente no seu condomínio. 

Foto de capa: iStock